Selected a language:

Cromoterapia: O mistério da cor Violeta, da Paz Interior

Por Dirceu Galhardi*

O violeta é a cor predominante no sétimo chakra, também chamado “coronário” ou chakra da coroa (alto da cabeça). É uma cor fria. No passado não era uma cor bem vista, por ser muitíssimo usada na forração externa dos caixões (urnas funerárias), nos penachos e interior dos cochos (carros transportadores das urnas funerárias), nos panos roxos de proteção colocados sobre os santos da igreja católica durante a quaresma.

A cor violeta dá suntuosidade e introspecção ao ambiente, fazendo com que as pessoas fiquem sérias e em silêncio. Em academias de ginástica, é bastante empregado o violeta, o roxo e o lilás, fazendo com que o empenho dos frequentadores seja redobrado na proposta da boa forma. Esses tons acalmam o corpo e aumentam a sensibilidade.

O violeta é a cor que nos leva a dois estágios de vida: ao relaxamento na cor azul, e ao estímulo na cor vermelha. Com este conceito de cor, você consegue o equilíbrio com a divindade, a dignidade e a consciência.

A cor violeta psicologicamente traz o silêncio e o realce da individualidade, com muita paz interior. Ela protege e aumenta o espaço e é muito importante seu uso em áreas festivas e grandiosas. Não deve ser usada em salas de tratamentos. Como na Cromoterapia o verde é a cor complementar do violeta, em algumas salas de cirurgias utilizam paredes verdes e o teto violeta. Numa sala de meditação ou numa capela, o violeta é místico, direcionando a devoção religiosa.

Alguns alimentos desde o azul até ao violeta também são ricos em magnésio e outros elementos importantes às atividades mentais e cerebrais. São eles: amoras silvestres, uvas roxas, brócolis roxos, repolho-roxo, berinjela e beterraba.

O violeta está associado à glândula pituitária e ao chakra coronário, o centro do entendimento espiritual. Cor muito útil para pessoas que são extremamente tensas e nervosas, utilizada também na restauração da confiança da parte psíquica e espiritual.

Quando identificamos o cromotipo (cor de nascimento) de uma pessoa através de pêndulos como sendo o violeta, podemos dizer que aquela pessoa tem a tendência a enxaquecas, frequentes dores de cabeça e pode tornar-se um dirigente espiritual, um padre ou um pastor. Por ser uma cor fria, faz com que as pessoas tenham a tendência à obesidade.


(*) Dirceu Galhardi
é consultor em Feng Shui, Radiestesia e Cromoterapia. Autor do livro “Feng Shui na Vida Atual” e Consultor na harmonização com o Feng Shui e Radiestesia da Cidade do Rock- 2001. Contatos: (21)9632-6040 / (22)2655-3963 * dirceugalhardi@gmail.com

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube: