Selected a language:

Infância saudável: Alimentos orgânicos são indispensáveis

Alimentação infantil de qualidade deve ir além da papinha

 

Os primeiros anos de vida de uma pessoa são os mais decisivos para sua saúde, o que inclui, essencialmente, uma boa alimentação. Até os seis meses de idade, o aconselhável é que o bebê se alimente apenas de leite materno, pois o líquido contém substâncias que o protegem de diversos problemas, como infecções. Após esse período, a criança pode começar a comer alimentos sólidos, também, e fazer essa transição corretamente é imprescindível para um desenvolvimento saudável.

 

A alimentação infantil pode – e deve – ir além da papinha. Logo após deixarem de consumir exclusivamente o leite materno, os pequenos vão precisar, invariavelmente, que os adultos responsáveis amassem os alimentos para eles, pois ainda não têm força para mastigar sozinhos, todavia, conforme o tempo for passando, é importante não manter o foco apenas em preparações líquidas, visto que estimular a mastigação é crucial para o desenvolvimento da face e dos ossos da cabeça da criança, o que colabora para a formação dos dentes e para uma respiração adequada.

 

É nesse contexto que entra a tão falada “comida de verdade”, a qual está em alta nos últimos tempos. Refeições preparadas em casa, com alimentos frescos que passam por quase ou nenhum processo, felizmente têm se tornado mais comuns nas mesas dos brasileiros, inserindo as crianças desde cedo em um universo alimentar com diversidade de texturas, cores, cheiros e sabores.

 

 

 

A relação entre produtos orgânicos e uma infância saudável

 

Processos alimentares saudáveis durante a infância têm o poder de criar adultos com bons hábitos em relação à comida. Sim, é difícil achar uma criança que não goste de alimentos ricos em açúcares, refrigerantes, as famosas “besteirinhas” ricas em gorduras, entretanto, é dever dos pais e demais responsáveis garantir uma alimentação de qualidade.

 

Segundo a nutricionista Camile Fiuza, as decisões tomadas a respeito da alimentação nos primeiros anos repercutirão por toda a vida. “Uma infância saudável depende de diversos fatores, e a alimentação é um dos principais. Alimentar-se de forma equilibrada, com uma dieta rica em vitaminas e nutrientes, é fundamental para a criança crescer sem problemas de saúde e até mesmo se desenvolver cognitivamente, pois os alimentos orgânicos representam um importante papel nas habilidades cerebrais”, diz.

 

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube:

Escolha o Idioma: