Selected a language:

Meditação Medicinal: Opção para diminuir Colesterol

 

Primeiramente vamos entender um pouco sobre como a medicina classifica o colesterol: O colesterol é um tipo de lipídeo produzido no fígado e que o organismo usa para produzir hormônios, vitamina D e outras substâncias que auxiliam na digestão, sendo, portanto, necessário ao bom funcionamento de nosso organismo, porém, se o colesterol estiver muito alto ele pode causar danos às paredes dos vasos sanguíneos arteriais (arteriosclerose) e muitas outras complicações cardiovasculares ou doenças relacionadas aos vasos sanguíneos, inclusive no cérebro.

 

O colesterol total é composto pela fração LDL (mau colesterol) e HDL (bom colesterol), e a proporção entre essas duas frações no sangue é muito importante. O HDL (bom) remove o excesso do LDL (ruim) da circulação para o fígado. Este prontamente o reutilizará, transformando-o em ácidos biliares que são muito importantes para a digestão das gorduras. Portanto quanto mais elevado o nível de HDL, menor será o do LDL e melhor será para a saúde do coração e artérias. Já o LDL é considerado vilão porque em excesso pode se oxidar por ação dos radicais livres produzidos pelo próprio organismo e se depositar nas paredes das artérias iniciando o processo conhecido como arteriosclerose. Portanto, além de provocar um envelhecimento das artérias LDL em excesso também pode formar placas e provocar obstruções que poderão ter conseqüências muitas vezes irreversíveis.

 

No dia-a-dia o estresse força nosso organismo a produzir índices maiores de cortisol, hormônio relacionado à resposta do estresse. De forma resumida, o cortisol libera adrenalina e noradrenalina e interfere na atividade da insulina, isso vai dificultar o metabolismo dos carboidratos e gorduras, portanto auxiliando no aumento do acúmulo de LDL nos vasos sanguíneos.

 

Partindo deste entendimento atividades como meditação, yoga e qualquer outra que leve o indivíduo a um estado de relaxamento, causará o aumento das ondas alfa no cérebro provocando a redução do consumo de oxigênio e desacelerando os batimentos cardíacos, diminuindo todo o metabolismo do corpo.

 

A Meditação Transcendental é eficaz no auxílio ao controle do colesterol, reduzindo o peso e emagrecendo o praticante. O estudo, publicado no American Journal of Cardiology, durou 18 anos e foi feito com 202 homens e mulheres idosos e hipertensos que se dedicaram a essa prática sistematicamente. Duas vezes a dia, durante 20 minutos.

Mais porque a transcendental? Robert Schneider, autor do estudo, afirma que o que diferencia a transcendental das demais é, além da simplicidade, a rapidez de seus efeitos. “Ela age de forma surpreendente desde os minutos iniciais, permitindo que o corpo descanse duas vezes mais do que durante o sono”.

 

Diferentemente de outras técnicas, a meditação transcendental não possui rituais específicos ou filosofia religiosa. Basta se sentar e meditar, não são necessários nem mesmo a clássica posição de lótus ou a necessidade de total isolamento. Não importa se no chão ou em uma cadeira, se em uma avenida movimentada ou em um local tranqüilo como o topo de uma montanha, o resultado é o mesmo, bastando atentar para que a posição escolhida não force nem os ossos e nem os músculos. Segundo o estudo, o corpo e a mente entram num estado de relaxamento profundo que ajuda a eliminar o estresse. “Ao permitir ao corpo esse descanso, a inteligência interna desperta e restaura o que estiver em desequilíbrio”, bem contrário do que ocorre na situação de estresse. O estado de alerta em repouso adquirido durante a técnica da Meditação Transcendental promove saúde ao reduzir a ativação do sistema nervoso simpático que, por sua vez, dilata os vasos sanguíneos e reduz os hormônios do estresse como a adrenalina, noradrenalina e cortisol, auxiliando também a uma diminuição dos níveis de Colesterol Ruim – LDL.

 

A técnica da Meditação Transcendental é uma técnica muito simples, e quando praticada regularmente é associada com uma diminuição da pressão arterial e melhoria na integração neurofisiológica e endócrina, oferecendo equilíbrio entre o corpo e a mente, fatores indispensáveis para uma vida melhor.

 

Embora simples e sem a necessidade de conhecimento teórico, a técnica requer instruções para ser usada de forma correta. Existem diversos cursos, sem limite de idade, condição física ou mental, basta que tenha a mente voltada a saúde do corpo.

 

Por Flávio Pedro dos Santos – Terapeuta Holístico

GMI 1958 2/04 (AHHA) – CRTH-BR 0396 ABRATH

contato@pedroflavio.com

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube:

Escolha o Idioma: