Selected a language:

Família e Felicidade: Sete dicas para criar momentos memoráveis com seus filhos

Por Daniel Franco*

 

A educação pelo exemplo é o meio mais eficaz de formação, sendo possível, apenas por meio do hábito de dedicar tempo de qualidade aos filhos, compartilhar momentos memoráveis que permitem a descoberta daquilo que os sensibiliza e os levam à ação. Esses acontecimentos, planejados ou não, gravam na mente e no coração os ensinamentos mais valiosos que um adulto pode passar para um jovem. Informações imediatamente acessadas nas horas mais cruciais para os jovens ao longo da vida e de onde ele tira as referências para as suas escolhas.  Acredite, se você quer mesmo mostrar o caminho a uma criança, terá que andar junto a ela. Veja a seguir como estimular a criação de momentos memoráveis de forma prática e sempre divertida.

 

1. Compartilhe sonhos

 

Encontre assuntos que ambos se interessem e comecem a pensar juntos em como explorar e curtir isso da melhor maneira possível. Isso estimula a capacidade de planejar, pesquisar e focar em um objetivo. Além disso, criará um vínculo contínuo, e sem limites, entre vocês, independente se veem todos os dias, ou não. Funciona como um jogo em equipe, no qual o objetivo é compartilhar as maiores e melhores experiências juntos. 

 

2. Ofereça escolhas, não respostas

 

Se o seu filho não aprender a fazer as próprias escolhas, descobrindo na prática que boas decisões levam a boas consequências e vice-versa, ele dependerá sempre de alguém para fazer isso para ele. O que pode até levá-lo a um lugar bom e seguro se ele tiver conselheiros bem intencionados ao longo da vida. Mas, certamente, ele não se tornará aquilo que sempre sonhou por apenas pegar carona nos sonhos dos outros.

 

3. Divirtam-se com as dificuldades

 

Entrar em uma furada é fácil, difícil é sair delas. Aceite que é inevitável que o seu filho ao longo da vida se meta em situações delicadas, exigindo habilidades que ele não possua. Prepare-o para isso ensinando que problemas são as fases com as melhores chances de ganhos na vida. O desafio é o que impulsiona a superação e a superação é o que dá valor às conquistas. Não tire o prazer do triunfo de uma dificuldade facilitando demais a vida do seu filho. Eles estão treinam todos os dias a ter persistência e inventividade para passar de fases nos videogames. Aproveite isso!

 

4. Não faça regras. Faça acordos

 

A quebra de regras não é necessariamente vista como algo ruim, principalmente quando foram instauradas por autoritarismo, ou desconhecimento científico. Há uma linha muito tênue que divide o respeito ao status quo da oportunidade de novas descobertas em prol da evolução da sociedade. Uma delicada brecha que dá margens a más interpretações e transgressões. Mas quando se trata de acordos, a coisa muda de figura. Isso porque regras tendem a ser unilaterais e impositivas. Já os acordos buscam a concordância de sentimentos de ambas as partes, considerando o melhor para as partes envolvidas e dando espaço para um convívio que permite o conhecimento mútuo das necessidades. Use de acordos e de bastante escuta ativa para interagir com seus filhos, minimizando confrontos e acompanhando o desenvolvimento do mundo e deles também por meio de constantes revisões em consenso. 

 

5. Descobertas simultâneas

 

A internet acabou com a figura do sabe tudo. Abra mão desse título para evitar perder o respeito por conta da velocidade da informação, já que tudo muda a todo instante. Faça melhor, aprenda junto. Desfrute do prazer de ver o desenvolvimento intelectual do seu filho compartilhando de novos conhecimentos que fazem parte do mundo dele, ou mesmo revendo seus conceitos pelo ponto de vista dessa geração, que é mais antenada e disposta a reinventar tudo. Lembre-se de que não esquecemos aqueles que estavam com a gente nas grandes descobertas que nortearam as realizações de nossas vidas.

 

6. Não erre por excesso de vontade de acertar

 

Entender que nada é eterno e tudo que é demais enjoa é importante nesse processo de se tornar referência na vida do seu filho. A busca por momentos memoráveis não significa que todos os instantes devam ser incríveis. Tão ou mais importante do que a quantidade de minutos investidos é a intensidade deles. Não se cobre demais, dê espaço para ele respirar e permita que a saudade os aproxime. Faça o seu melhor, deixe que o seu filho também venha até você e compartilhe sempre com ele a responsabilidade de serem felizes.

 

7. Celebrar é viver

 

O que faz com que a nossa existência neste planeta valha à pena é o reconhecimento do presente, feito pelas celebrações. Um brinde de milkshake, um cumprimento coreografado, ou uma dancinha esquisita são os movimentos que pegam o pacotinho chamado momento e o colocam na estante de troféus. Celebre tudo: erros e acertos não se definem pelos resultados imediatos, e sim a longo prazo. Quantos empreendedores de sucesso não se forjaram por meio de aparentes fracassos? E quantas descobertas não vieram de falhas na produção? Um sorriso, um abraço e uma frase positiva de efeito colocam tudo no seu devido lugar, e dão a real significância a beleza do conviver.

 

Conheça o Ahoo – Atividades de integração com a sua natureza

 

* Daniel Franco é facilitador de ideias, coach, comunicador, escoteiro e um ávido desbravador no caminho da criação de filhos. 

daniel@experimente.se

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube:

Escolha o Idioma: