Selected a language:

Radiestesia: Equilíbrio energético de sua residência e local de trabalho. Saiba mais

O trabalho de Radiestesia, de modo geral, envolve o contato com forças e energias dos locais, das pessoas e dos objetos que deverão ser pesquisados ou rastreados com instrumentos radiestésicos como o dual-rod (duas varas), pêndulos, forquilha, antena de Lecher e lobo-antena. Por essa razão, é recomendável que o radiestesista tome algumas precauções para não absorver energias inconvenientes, usando gráficos radiônicos de proteção pessoal nos bolsos, como o circuito atlante ou Luxor.

Como dicas, para desimpregnar um ambiente, deve-se passar uma solução de anil diluído em um balde d’água, com um pano umedecido nesta solução, e aplicá-la em todo o piso. Você pode imediatamente à aplicação usar um pano seco. Ao final do trabalho, a mistura água/anil, já saturada energeticamente, juntamente com os panos, deve ser descartada da seguinte forma: o líquido no ralo do logradouro público (rua) e os panos no lixo fora de casa. O balde usado pode ser lavado e reutilizado. 

Atenção: não jogue a solução na rede de esgoto do seu imóvel para que os sifões de ralos não retenham restos telúricos do que foi retirado.

Outro modo de se desimpregnar um ambiente, como exemplo uma casa comprada ou alugada, que já tenha sido utilizada por inúmeras pessoas, e que não saibamos o seu histórico, isto é, se já houve morte natural, assassinatos, brigas, realização de cultos de baixa magia em algum de seus cômodos, podemos proceder da seguinte forma:

- Diluir três punhados de sal grosso numa mistura de cal virgem, água e fixador acrílico num balde e aplicar esta mistura no teto e paredes com o uso de uma trincha, para a queima de qualquer miasma ou memória registrada em cada cômodo do imóvel. Daí, lixar as superfícies, aplicar um verniz selador e, finalmente, a pintura definitiva com as cores preferidas pela família.

Mesmo para um imóvel antigo que esteja pintado, é necessário proceder da forma descrita acima.

Pode-se completar a limpeza do ambiente com defumação, que pode ser feita colocando-se incenso de sua preferência sobre um braseiro, ou com a queima de varetas aromáticas.

Outros cuidados a serem observados para as urgentes correções:

- Evitar áreas mofadas, isto é, com colônias de microorganismos que sugam a energia das pessoas no ambiente.

- As rachaduras nas paredes e tetos são emissores de ondas de forma ou “shars”, que descompensam energeticamente as pessoas.

- Que não hajam fios expostos e desencapados criando um campo eletromagnético prejudicial à saúde.

- Que as plantas dentro ou ao redor da casa não possuam espinhos, como coroa-de-Cristo,  Bouganville e palmeira Phênix.

- Analisar os objetos de arte que tenham sido adquiridos em antiquários ou herdados, de modo a evitar que energias de apego venham descompensar a energética ambiental.

Como considerações finais, sugiro que as pessoas façam a manutenção de seus imóveis residenciais e comerciais, mesmo aqueles alugados, com maior frequência. Assim, irão possibilitar que as boas energias estejam sempre presentes. É bom ter o hábito de dizer à sua casa que você a ama e que ela é o seu porto seguro. Esta declaração sela ou registra nas paredes todo um sentimento de cordialidade entre o imóvel e quem o habita.

                                                                                                          

Fonte: Dirceu Galhardi

Consultor em Feng-Shui, Radiestesia e Cromoterapia.

Autor  do livro “Feng-Shui na Vida Atual” e da apostila “Radiestesia Prática”. 

E-mail: dirceugalhardi@gmail.com

Telefone: (21)99632-6040 / (22) 2655-3963

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube:

Escolha o Idioma: