Selected a language:

Jaspe Leopardita: A pedra para todos os males, que revela as mentiras e cura

No grupo do quartzo, encontramos o jaspe, nome que vem do grego, e significava “pedra manchada”. O jaspe é encontrado em diversas cores (amarelo, amarelo-ocre, pardo, avermelhado), normalmente com bandas, manchas ou figuras em forma de chama.  É muito apreciado para uso em objetos de arte industrial e para a confecção de mosaicos. Na Antiguidade, era usado como amuleto contra dificuldades na visão e a estiagem dos campos.

Costuma ser conhecido conforme a cor que apresenta: jaspe sanguíneo, jaspe-ágata, jaspe egípcio (ou silicato do Nilo), jaspe bandado, basanita, plasma, prásio, leopardita, jaspe do deserto, e outros.

Quando tingido de azul da Prússia, é chamado de lápis-alemão ou Swiss lápis, e é utilizado como imitação do lápis-lazuli.

A leopardita, jaspe do qual trataremos agora, recebe este nome por apresentar manchas que lembram a pele do leopardo. Algumas são avermelhadas, outras castanhas e as mais amareladas são chamadas, muitas vezes, de pele de cobra.

É uma pedra dura (dureza de Mohs 6,5 – 7), opaca, composta de óxido de silício.

 As pedras também são transformadas em verdadeiros “remédios” quando ficam mergulhadas na água de beber por algum tempo e são expostas à luz do sol. Chamamos a essa água, água solarizada. A água solarizada é aquela em que se colocam as pedras necessárias para um “mal” determinado, por algum tempo exposta à ação do sol, e serve para beber, fazer compressas ou lavar locais afetados por algum problema. Em toda água solarizada, deve ser colocada uma ametista, pedra chamada “remédio para todos os males”, principalmente por seu poder transformador e regenerador, e as pedras necessárias à “cura”. Uma água com leopardita é usada para cura de qualquer problema de pele. Pode ser usada diretamente sobre a pele ou em água para lavar o local afetado ou fazer compressas.

Para casos de herpes deverá ser usada junto com um quartzo verde (anti-bacteriogênico) e uma ametista.

É também conhecida como pedra da revelação, pois consegue mostrar a verdade sobre pessoas e situações. Uma determinada senhora, por exemplo, desconfiada de que estivesse sendo traída pelo marido, mas sem ter a devida certeza, colocou uma leopardita na estante da sala de sua casa, onde todos transitavam. Dias depois, ao procurar um anel que julgava perdido, encontrou no porta-luvas do carro do marido a certidão de nascimento de uma criança recém-nascida, fruto daquele relacionamento. Além de descobrir a traição ainda ficou sabendo do nascimento da criança. A leopardita tira as máscaras e revela as mentiras, de uma forma natural, como se acontecesse por acaso, sem forçar você a uma decisão. Essa forma natural permite que se tome a atitude e decisão que se julgar mais conveniente.

A leopardita tem a fabulosa propriedade de tirar as máscaras, revelando as hipocrisias e mentiras.

Quando usada junto com a malaquita, a leopardita faz com que enxerguemos rapidamente quem são de fato as pessoas e com as quais podemos nos aliar. É muito útil para quem trabalha com psicoterapia, astrologia e outras atividades em que o cliente costuma se defender, embora esteja ali com o intuito de se revelar. A presença da leopardita no ambiente de trabalho ajuda o terapeuta a ter acesso rápido e sem danos à verdade do paciente, que não será perturbado pelo processo.

A leopardita provoca reações espontâneas, naturais. Acontecem “por acaso”, e pode-se escolher então que posição tomar. Não força a uma decisão inexorável, como acontece com a obsidiana. Tem um efeito bem mais suave.

Para quem lida com oráculos a leopardita também é de grande valia por revelar a verdade de uma forma sutil.

Então, se quer estar de braços com a verdade, espalhe leoparditas pela casa e seu local de trabalho. A leopardita está aí: resta-nos entrar em sintonia com suas energias e tirar o máximo proveito do que tem a nos oferecer.

 

Norma Estrella

                                                                                                        normaestrella7@gmail.com

(22) 2655-3963/ (21)9776-7377

 

Outras notícias

Comentários

    Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Deixe seu comentário

Obrigado! Seu comentário foi enviado

Oops! Algo de errado aconteceu ao enviar seu comentário :(

Destaque do youtube:

Escolha o Idioma: